O que é programação? Blog Vem Pro Café

Todo mundo pode aprender programação?

Em 2013, a Code.org lançou a campanha “Qualquer um pode aprender” (Anybody can learn), incentivando o aprendizado da programação.

A iniciativa veio para promover a Hora do Código, projeto para introduzir as pessoas na ciência da computação, e contou com o apoio de Mark Zuckerberg, Bill Gates, Gabe Newell e outros grandes nomes da tecnologia.

O que é programação?

Programar é basicamente escrever algumas rotinas que possam ser compreendidas e executadas por máquinas. Em nosso cotidiano, costumamos usar editores de texto, geradores de apresentações, navegadores web, redes sociais, entre outros.

Estamos cercados por celulares e computadores, e todos eles rodando programas atrás de programas para atender todas as nossas vontades e necessidades.

Programação

(…)

[informática] Ação de criar programas de computador

Quando pegamos o celular pra ver o horário, muitas coisas acontecem por trás do visor, informações estão sendo carregadas e atualizadas em uma fração de segundo para exibir dois conjuntos de duas casas decimais separados por dois pontos na tela.

Tudo o que fazemos hoje em dia funciona assim, maquinas estão a todo instante trabalhando a nosso favor e, para que isso aconteça, é necessário que elas sejam instruídas a como realizar essas tarefas.

Mas será que todo mundo pode programar? Qualquer um pode cozinhar, qualquer um pode aprender um novo idioma, qualquer um pode ser trapezista?

Talvez não seja bem assim e nem todo mundo consiga fazer tudo. Será mesmo que programação é algo que qualquer pessoa possa aprender facilmente como um tipo de hobby? É sobre isso que vamos falar neste artigo!

Desenvolver um programa não é tão simples

Pense o seguinte, você é um professor e precisa ensinar um grupo de estudantes a fazer uma equação matemática. A equação é simples: pegar dois números e somar. Fácil, né?

Agora, vamos imaginar que seus alunos não falam o mesmo idioma que você e, para complicar ainda mais, cada aluno fala um idioma diferente. Agora ficou difícil, certo? Isso é só um exemplo de um dos problemas enfrentados na hora de desenvolver um programa.

Na programação existem diversas linguagens e cada linguagem possui uma sintaxe diferente. Ou seja, cada linguagem tem suas próprias regras para que possam ser entendidas pelas máquinas.

Um outro detalhe é que nem todas as máquinas (computadores, celulares, etc) compreendem as mesmas linguagens. Isso depende da estrutura lógica daquele equipamento.

E por que nem todo mundo consegue?

Devido ao fato de não ser simples, nem todo mundo tem realmente vontade de programar, ficar olhando para milhares de linhas de código tentando resolver um bug, ou então tem boa memória para lembrar os códigos e métodos de determinadas bibliotecas.

Para alguns, acaba sendo bem desanimador e, por isso, programar é algo pra quem gosta de verdade.  

Eu mesmo já cheguei a passar semanas travado em um código para perceber, bem depois, que a ordem de execução de métodos estava errada e poderia ser bem melhor.

Esse tipo de situação é bem comum e coisas simples como um símbolo de ‘;’ (ponto e vírgula) não colocado no lugar certo gera um grande problema e trava a execução do código.

Assim, é importante ter paciência e atenção para ficar olhando o código e ver o que pode estar errado.

Até existem algumas ferramentas pra isso, mas elas não consertam o código, só te ajudam a encontrar o erro ou analisar o que poderia funcionar melhor.

Mesmo que você não queira se aventurar pelas vastas terras da ‘Programalândia’, a base da programação é algo extremamente útil que pode ser encaixado em qualquer área.

Então, mesmo que você não queria programar ou ser um programador, aprender a lógica de programação será extremamente relevante para sua vida.

A importância da lógica de programação

Lógica de programação é a técnica para desenvolver os fluxos que serão interpretados pelas máquinas. Por exemplo, para movimentar um carro percorremos o seguinte fluxo:

Entrar no carro > Ligar o carro > Colocar primeira marcha > Abaixar o freio de mão

Depois disso, eu consigo acelerar e sair dirigindo o meu carro. Isso é um fluxo lógico, uma sequência de ações que eu reproduzo a fim de movimentar o meu carro.

Transportando essa ideia para programação, para realizar uma conta matemática de soma realizo um outro fluxo:

Saber o número 1 > Saber o número 2 > Somar os dois números

Esse fluxo seria explicado ao computador através de uma linguagem de programação e o computador saberia o que e como executar.

A lógica de programação desenvolve o raciocínio lógico e é extremamente útil em qualquer área, pois nos ajuda a resolver nossos problemas do dia a dia.

Por isso, é realmente interessante e essencial a todos aprender a lógica de programação, mesmo que não a programação por completo.

E aí, gostou do artigo? Se tiver qualquer dúvida sobre o assunto, deixe nos comentários que respondemos para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *